quinta-feira, 28 de julho de 2016

Bolo Amanteigado de Baunilha - Vanilla Butter Cake




Este é um dos bolos mais simples que tenho no meu repertório, no entanto, é tão amanteigado que é quase sempre devorado um dois tempos.
Eu não gosto muito de bolos simples, para mim Creme de La Creme é sempre o caminho a seguir, acho que foi por isso que me pareceu óbvio acompanhar este bolo com compota.

Esta receita leva baunilha de 3 formas, no iogurte que é de baunilha, leva extracto (caseiro) e ainda o recheio da vagem. A primeira vez que vi como fazer extracto caseiro foi no programa da Ina Garten, The Bare Foot Contessa e embora eu hoje faça o extracto de maneira diferente, usei para esta receita 2 colheres de sopa do extracto e o recheio de uma das vagens do pote, sei que parece confuso mas em breve irei explicar como o faço.

É um bolo denso mas tal como o nome indica é bem amanteigado, esta receita é uma adaptação de uma receita que eu tinha num caderninho antigo lá em casa.
O processo é muito simples e embora eu tenha usado a bimby da minha irmã, podem usar qualquer tipo de robot de cozinha ou até uma varinha mágica.

Bolo Amanteigado de Baunilha com Compota de Frutos Vermelhos
Ingredientes:

  • 225g de manteiga sem sal;
  • 200g de açúcar branco;
  • 50g de açúcar moreno;
  • 6 ovos;
  • 350g de farinha tipo55;
  • 4g de bicarbonato de sódio;
  • 250ml de iogurte de baunilha;
  • 2 colheres de sopa de extracto de baunilha, ou pasta;
  • Raspas do interior de uma vagem de baunilha.
Preparação:
Colocar todos os ingredientes no copo da bimby (ou em qualquer outro tipo de robot) e triturar em velocidade 6 por 1 minuto. 
Podem ainda colocar tudo num jarro alto e triturar tudo com uma varinha mágica.
Cozer em forno pré-aquecido a 180ºC por cerca de 30 minutos. 
Servir com compota a gosto ou simples.

This is probably the most simple cake I have in my repertoire, and as you may guess by the name it is very buttery and bursting of vanilla flavour. 
I am not very keen of dry and boring cakes, for me, Creme de la creme is the way to go, so it seamed appropriate to pair this cake with some berry jam I whizzed up days before I made this cake.

This cakes has vanilla in 3 different ways, extract, the interior of the pod and vanilla flavoured yogurt.
It is not a light cake but it is mois ans buttery, I found this recipe a while back in one of my old recipe note books. It is just as easy to make as it is easy to eat. I hope you like it.


Vanilla Butter Cake 
Ingredients

  • 225g unsalted butter
  • 200g caster sugar
  • 50g soft dark brown sugar
  • 6 whole eggs
  • 350g plain flour
  • 4g baking soda
  • 250ml vanilla yogurt
  • 2 Tbsp vanilla extract or paste
  • vanilla caviar taken for one vanilla pod
Method:
Add all the ingredients to the thermomix mixer (or any kind of food processor) and mix on speed 6 for 1 minute.
Or you can place all the ingredients in a tall jug and mix with an emmersion blender.
Bake at 180ºC in a pre-heated oven for about 30 minutes.



quinta-feira, 16 de junho de 2016

Bolo de Cenoura Científico - A scientific carrot cake




Olá a todos :)

Aqui por estas bandas o bolo de cenoura é quase um ícone, onde trabalho é sem dúvida um dos bolos mais procurados, no entanto é diferente do bolo de cenoura brasileiro a que estamos mais habituados. Embora eu adore as duas versões, para muitos, a ideia de ver os fioszinhos da cenoura ralada numa garfada de bolo não é nada apelativa. A versão de bolo que vos trago hoje é bem diferente das duas versões que costumo fazer de tal forma que pensei experimentar. Na versão inglesa, a cenoura é ralada finamente e envolvida na massa do bolo, na versão brasileira a massa é toda colocada no liquidificador e nesta versão temos de fazer sumo de cenoura, ou com uma máquina para sumos de fruta ou mesmo com a bimby. O bolo fica bastante húmido mas os seus companheiros não lhe ficam nada atrás. 

Desta vez retirei a receita de um site fantástico chamado chefsteps. É um site bem chefy mas tem dicas e receitas maravilhosas. Um pouco elaboradas e assim mais fora da caixa mas eu adoro, eles têm também um canal no youtube.

Este bolo leva um pó chamado glycerol monostearate e maionese, mas o pó é opcional, aparentemente ele ajuda a reter a humidade do bolo e a maionese, embora pareça estranho é apenas uma emulsão que vai substituir o óleo ou a manteiga.

O creme que usei é  delicioso, o melhor creme de queijo que já provei, simples e fácil de fazer.

Hi, carrot cake is quintessentially  British and one of the most requested cakes by the customers at my work place. But the British version of this cake is different from the Brazilian carrot cake where all the ingredients are placed in a blender and liquefied to perfection. 

For some people finding pieces of carrot within the crumb of cake is not very appealing. For this version we have to use carrot juice and it might sound strange but we also use maionese instead of oil or butter. This cake also calls for a strange powder but it is optional and apparetly helps to retain moisture. I took this recipe from one of my favourite websites and youtube channels, the chef steps.

The cake is great, just as good as the other two I love. 
The cream cheese frosting I used is amazing, the best I have ever tried. And sooo easy to make...

Bolo de Cenoura 
Ingredientes:

  • 450g de farinha para bolos;
  • 500g de açúcar (usei amarelo);
  • 10g de sal (a receita diz 25 mas acho muito);
  • 15g de bicarbonato de sódio;
  • 15g de fermento;
  • 15g de glycerol monostearate (pózinho mágico opcional);
  • 1 pitada de canela;
  • 1 pitada de noz moscada;
  • 400g de maionese;
  • 350ml de sumo de cenoura;
  • 4 ovos grandes (> 50g)
  • 50g de nozes picadas.
Para o creme:
  • 250g de queijo mascarpone;
  • 250g de queijo creme;
  • 500 ml de natas
  • 200g de açúcar em pó;
  • baunilha q.b.
Preparação: 
Colocar todos os ingredientes secos numa taça e misturar bem com uma vara de arames.
Adicionar os ingredientes húmidos numa taça grande e bater com a batedeira para que a mistura fique bem homogénea. Adicionar os ingredientes secos à mistura dos húmidos mas desta vez, mexer bem apenas com a vara de arames apenas o suficiente para que a massa fique bem ligada.
Levar ao forno a 160ºC por cerca de 50 minutos.

Para o creme de queijo, colocar os queijos e açúcar  numa taça grande e bater bem até que a mistura fique cremosa. Adicionar as natas lentamente e continuar a bater até que o creme fique leve e fofo. 

Para decorar usei amêndoas torradas, cenouras de massa-pão e  para a rama usei raminhos de salsa. 


Ingredients:
  • 450g plain T55 flour
  • 500g light brown sugar
  • 10g salt
  • 15g biocarbonate
  • 15g baking powder
  • 15g glycerol monostearate (optional)
  • 1 cinnamon
  • 1 pinch nutmeg
  • 400g mayonnaise
  • 350ml fresh carrot juice
  • 4 large eggs (> 50g)
  • 50g chopped walnuts
For the cream: 



  • 250g mascarpone cheese
  • 250g cream cheese
  • 500 ml double cream
  • 200g icing sugar;
  • vanilla to taste
Method:
Mix all the dry ingredients in a large bowl. 
Mix all the wet ingredients in another bowl and mix.
Mix wet on dry using a whisk just until everything is combined. 
Bake at 160ºC for about 50 minutes.

For the cream, start by mixing the mascarpone and the cream cheese with the icing sugar until creamy and fluffy. Slowly add the cream and keep beating until smooth. 

As decoration I used roasted nibbled almonds, marzipan for the carrots and parsley for the sprigs.






Enjoy!
XoXo ^_^ 

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Bolo Mármore de Chocolate e Pistácio - Chocolate and Pistachio Marble Cake






Olá a todos.

Desde que comecei a trabalhar que tenho tido pouco tempo para me dedicar ao meu blog, mas custe o que custar, prometi a mim mesma que vou continuar a partilhar as minhas receitas com vocês.
Uma das coisas boas de viver em Londres é a abundância de ingredientes e a sua variedade. No meu local de trabalho vendemos todos os frutos secos possíveis e imagináveis e embora seja tudo muito caro, temos de tudo. Para a receita que vos trago hoje vamos precisar de pistácios descascados sem sal, sim ouviram bem, o pistácio é rei nesta minha receita de bolo mármore de chocolate e pistácio.
Para dar um toque ainda mais especial, adicionei pedras de açúcar. A receita deste bolo é do mesmo livro da receita anterior, a bíblia do chocolate da Cordon Bleu. 
É muito fácil de fazer e o resultado é maravilhoso, um bolo fofo cheio de pedacinhos de pistácio e açúcar crocante. Perfeito para levar para um pic nic na praia ou no parque.

Hi, 

Since I started to work here in London I did not have much time to dedicate to my blog, at least not as much as I wanted to. But, I am willing to keep on sharing my recipes with you no matter what. 
One of the things I love about London is that we can find pretty much every ingredient we can dream of, and where I work we have a selection of almost every type of nut one can imagine. 
For the recipe that I am sharing today we need shelled pistachios, as it is the main component of this beautiful chocolate and pistachio marble cake. 
This recipe is from the same book, which I took the last recipe I shared with you. 
It is very simple to make but so delicious, great to take to the park when the weather is nice.


Bolo Mármore de Chocolate e Pistácio

Massa de Chocolate:
*60g de manteiga sem sal;
*3 ovos grandes (>50g);
*210g de açúcar (usei amarelo);
*90 ml de natas;
*1 pitada de sal;
*135g de farinha;
*30g de cacau;
*1 colher de chá de fermento em pó;
*35g de pedrinhas de açúcar (totalmente opcional);
*baunilha q.b.

Massa de Pistácio
*60g de manteiga sem sal;
*1 colher de sopa de pasta de pistácio;
*200g de açúcar;
*50g de pistácios picados;
*3 ovos grandes (>50g);
*90ml de natas;
*1 pitada de sal;
*165g de farinha;
*1 colher de chá de fermento em pó.

Preparação:
Para o bolo de chocolate, derreter a manteiga e deixar arrefecer. Levantar os ovos em relevo e envolver a manteiga, as natas e por fim envolver os ingredientes secos com cuidado para não bater demasiado.

Para a massa de pistácio, derreter a manteiga sem deixar aquecer demasiado. Misturar  a manteiga e pasta de pistácio de forma a formar uma pasta mais maleável. Levantar os ovos em relevo com o açúcar, envolver as natas, a manteiga, os ingredientes secos e no final os pistácios picados.

Dispor as massas na forma alternadamente e levar ao forno 160ºC por aproximadamente 50 minutos.




Chocolate and Pistachio Marbled Cake

Chocolate Batter:
*60g unsalted butter
*3 large eggs (>50g)
*210g golden caster sugar
*90 ml double cream
*1 pinch salt
*135g flour
*30g cocoa powder
*1 tsp baking powder
*35g nibbed sugar (totally optional)
*vanilla to taste

Pistachio Batter
*60g unsalted butter
*1 tbsp pistachio paste
*200g golden caster sugar
*50g chopped pistachios
*3 large eggs (>50g)
*90ml double cream
*1 pinch salt
*165g de flour
*1 tsp baking powder

Method:
Melt the butter for both cake batters and set aside.
For the chocolate batter, beat the eggs and sugar to ribbon stage and add the cream followed by the butter. Finally add the dry ingredients.
For the pistachio batter mix the cooled melted butter with the pistachio paste. Beat the eggs and sugar to ribbon stage and add the cream and butter + pistachio paste. Finally add the dry ingredients and the chopped pistachios.  
Fill the cake pan with both batters and bake at 160ºC for about 50 minutes. 

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Nutty Chocolate Spread - Creme de Chocolate e Frutos Secos


Olá, tenho andado ausente mas por motivos bastante positivos, depois do curso comecei logo a trabalhar e não tenho tido tempo para nada. Mas está tudo a correr bem e nas folgas consigo fazer umas coisinhas saborosas. ;)

Quando entrei na escola Le Cordon Bleu pela primeira vez, fiquei apaixonada por quase tudo o que tinham exposto nas vitrines da entrada, artigos que têm para venda, entre facas e espátulas, destacava-se um livro, The Chocolate Bible.




Eu disse aos meus botões, amigo, tu um dia vais ser meu. Namorei o livro durante semanas até que um dia as minhas amigas chegaram ao pé de mim com um exemplar na mão, tinham ido requisita-lo à biblioteca para ver se valeria a pena comprar. Eu tinha esperança de que as receitas não fossem apelativa, pois assim não teria de gastar 25£, mas feliz, ou infelizmente eu estava enganada e cada receita é simplesmente mais apetitosa do que a anterior.
Este é realmente um dos meus livros favoritos e todas as receitas que experimentei até agora funcionaram na perfeição, tal como todas as receitas que aprendi no curso. 

A ideia de fazer Nutella em casa sempre me interessou, no entanto como sei que para conseguir obter a textura da nutella só mesmo com a utilização de uma máquina especial, cujo nome não sei em portugues, talvez prensa?... Em inglês é concher e é a mesma que transforma os grãos de cacau...
Por esse motivo, mesmo tendo a bimby por perto nunca me tinha aventurado. Mas ao desfolhar o meu livro pela primeira vez deparei-me com uma receita especial que me prendeu a atenção, Nutty Chocolate Spread, depois de ler os ingredientes e o método, fiquei mais do que convencida e pronto aqui está a receita que partilho agora com vocês. 

Nutty Chocolate Spread
  • 80g de chocolate negro (usei 54%);
  • 20g mel;
  • 160ml de natas;
  • 60ml água;
  • 200g açúcar;
  • 150g de avelãs (torradas ou não);
  • 50g de amêndoas;
  • 2 colheres de sopa de óleo de avelã.
Preparação:
Derreter o açúcar em seco, assim que ele ficar líquido mas ainda translucido adicionar as avelãs (com ou sem pele) e as amêndoas mexendo. O açúcar irá caramelizar mas é mesmo assim. QUando se formar uma camada meio opaca de açúcar sobre os frutos secos, coloca-se no lume até que o açúcar caramelize, não deverá ultrapassar os 150ºC.
Espalhar a mistura sobre um silpat ou tapete de silicone e deixar arrefecer e solidificar.




Pulverizar os frutos caramelizados num robot ou na bimby e adicionar o chocolate, o mel e as natas aquecidas (deixar fervilhar e apagar o lume de imediato). Juntar tudo no robot e triturar o melhro possível, é quase impossível fazer uma pasta totalmente homogénea mas eu gostei do resultado final.

  





Espero que gostem XoXo ^_^

sábado, 26 de março de 2016

Bolo Primavera, para uma celebração muito especial!

Olá,

Nestes últimos dias, tenho andado bastante atarefada, de tal forma que optei por não partilhar nenhuma receita com vocês na semana passada. 
É com muita alegria que hoje vos conto, que depois de dois exames assustadores e de 9 meses de aulas consegui, e esta semana foi a cerimónia da minha graduação da escola Le Cordon Bleu de Londres. Como aluna, apenas do "Patisserie Diplôme", recebi uma medalha de prata, a de ouro é para os alunos que fazem o "Le Grand Diplomê" que engloba cozinha e pastelaria.




Os meus pais vieram para a cerimónia e embora a alegria de ter concluído o curso esteja misturada com a saudade que fica da escola e de todos os amigos que agora estão de partida, prevalece o sentimento de dever cumprido. 

Na nossa última aula prática, produzimos um croquembouche com, uma base de nougatine, piping com glace real, e flores de açúcar puxado. Embora esta escola tenha muito boas condições tenho de admitir que na escola hoteleira também houve oportunidades para trabalhar estas técnicas, no entanto, tínhamos, apenas uma lâmpada e não havia ácido tartárico, que deve ser adicionado ao açúcar puxado para lhe dar mais elasticidade. Ter uma lâmpada só para mim foi um luxo e embora as minhas rosas não sejam perfeitas eu adorei cada segundo. Para fechar este ciclo parti o meu croquembouche com o martelo e devo dizer que não me custou ;)





O "Superior Level" (nome dado aos últimos 3 meses do curso) é muito diferente dos níveis anteriores em que as aulas práticas seguem as aulas demonstrativas e no final temos de produzir uma das 3 confecções designadas para exame. No nível 1 calhou-me a tarte merengada de limão e no segundo o bolo Alhambra. Nesta fase final, o exame dura 4 horas, não apenas 2 como nos anteriores e temos de produzir um entremet de nossa autoria, fazer um creme anglaise e apresentar, não só um entremet inteiro, mas também duas versões miniatura empratadas da mesma forma.

A duração das aulas práticas também é maior e as coisas que criamos mais desafiantes, o chá das 5 de que já falei aqui no blog, foi um dos pontos altos.

Para celebrar e para receber os meus pais resolvi fazer um bolo especial e como estamos na Primavera resolvi decorá-lo com flores, este bolo leva especiarias na massa e manteiga queimada o que lhe dá um sabor muito agradável.





Bolo Primavera
Ingredientes:
  • 2 colheres de sopa de mel;
  • 325g de manteiga queimada (arrefecida e cremosa);
  • 50g de manteiga;
  • 375g de açúcar amarelo;
  • 6 ovos grandes;
  • 370g de farinha;
  • 1colher de chá de fermento em pó;
  • 2 colheres de chá de canela;
  • 1 colher de chá de noz moscada;
  • raspas de lima limão ou laranja (usei os 3);
  • baunilha q.b.
  • 1 pitada de sal;
  • 60ml de leite.
Para a Manteiga Queimada...
para a manteiga queimada, colocar a manteiga numa panela em fogo alto mexendo sempre

quando a manteiga ficar escura apaga-se o lume e coloca-se numa taça

mexe-se a manteiga de vez em quando até que ela arrefeça e fique cremosa

Preparação:
Numa taça juntar as manteigas, o mel e o açúcar. Bater até que a mistura fique fofa e esbranquiçada.
Adicionar os ovos 1 a 1, as raspas e a baunilha. Peneirar para outra taça a farinha e as especiarias.
Envolver a mistura da farinha na massa delicadamente e no final adicionar o leite. Colocar no forno a 180ºC por, mais ou menos, 25 minutos.



Creme de Mascarpone e Chocolate Branco

  • 180g de manteiga sem sal;
  • 250g de açúcar em pó;
  • 500g de queijo mascarpone:
  • 50ml de natas frescas;
  • baunilha ou aromas a gosto;
  • corantes;
  • raspas de citrinos;
  • 30ml de sumo de laranja;
  • 150g de chocolate branco.

Preparação:
Bater a manteiga com o açúcar em pó. Adicionar o queijo e a baunilha e bater na velocidade máxima até que se obtenha um creme liso e fofo. Adicionar as natas e o aroma e bater mais um pouco. Se desejarem podem adicionar o chocolate derretido e ligeiramente arrefecido. Por vezes o creme parece que vai talhar, desta vez pensei o pior mas assim que adicionamos o chocolate a textura muda.



Eu decorei este bolo com flores que fiz com creme de manteiga mas podem decorar como gostarem.







quinta-feira, 10 de março de 2016

Receitas de Bolso - Cupcakes de Chocolate


Lembrei-me de chamar receitas de bolso a todas as receitas que eu acho que devem fazer parte das receitas que temos sempre por perto e que podem ser usadas vezes e vezes sem fim.

O meu passatempo favorito é passar receitas, copiar, traduzir, criar etc. Tenho quase uma dezena de cadernos completos e muitos deles com índice e tudo, e é claro, tenho um mais pequeno com todas as minhas receitas favoritas que anda sempre na minha mala e que cabe no meu bolso. 

Hoje vou partilhar com vocês a minha receita favorita de cupcakes de chocolate e a minha receita de ganache multifunções. Ambas as receitas são adaptações lógicas que, para mim, são como morangos para chantilly (embora eu não goste de morangos hehehe). 

A receita dos cupcakes é adaptada do livro da Cupcake Jemma, eu sou fã dela e admiradora da carreira que ela construiu, no Natal houve uma festa em Carnaby St. em Soho e ela anunciou no canal que iria estar na sua loja a assinar os livros, escusado será dizer que eu não perdi a oportunidade. Lá fui, depois das aulas, mergulhar num mar de gente, cheguei a pensar que não voltava à tona, para conseguir um autografo e uma garrafa grátis de Karmacola (cola orgânica). Foi difícil chegar até lá mas consegui e ela é muito amorosa ^_^
Creio que o livro já existe em português...



Como pasteleira é difícil escolher um ingrediente favorito, mas como não é de estranhar chocolate e baunilha estão sempre bem lá no topo da lista. Por isso eu vou-me deixar de desculpas e vou continuar a usar chocolate e a partilhar receitas com chocolate, afinal, ser "chocolatier" também é uma das profissões que me iriam fazer feliz, no entanto nem tudo é chocolate e ele tem umas manias muito suas. Mas dessas manias, falarei no futuro...

A ganache que vou partilhar aqui com vocês é a receita que uso e fui eu que criei, quando verem as quantidades vão achar que estou a mentir, mas é verdade não encontrei receita nenhuma igual a esta e que fosse tão simples (falando de quantidades), perguntei a muitos chefs, procurei mil e uma receitas e acabei por desistir nem a da Cordon Bleu me faz tão feliz como esta, dá para rechear bolos, para fazer bombons, para comer à colher, até serve de base para a minha mousse de chocolate. É uma ganache multifunções que não tem nada que saber, e as quantidades são muito simples, chega de metade para 2/4 ou 1/3 para 3/4, "há e tal... fazemos a olho..." really? Então vapt vupt e está, simples e fácil de emulsionar, espero que gostem tanto como eu ... 

Cupcakes de Chocolate para Todas as Ocasiões
Ingredientes:
  • 75g de chocolate negro picado, fininho (usei Callebaut 54%);
  • 175g de farinha sem fermento;
  • 30g de cacau em pó (usei Valrhona mas o Cacao Barry também é muito bom);
  • 185g de açúcar amarelo;
  • 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio;
  • 2 ovos pequenos (<=50g);
  • 120ml de café ou água quente;
  • 120ml de leitelho (ou leite com 2 colheres de sopa de sumo de limão);
  • 110ml de óleo vegetal
  • 1 pitada de sal;
  • 1 colher de chá de essência de baunilha.
Preparação:
Numa taça grande colocar o chocolate, a farinha, o cacau, o fermento, o açúcar, o bicarbonato de sódio e o sal. Num jarro, misturar o leitelho, os ovos, o óleo e o café e misturar com uma vara de arames. Misturar a mistura seca e a molhada muito bem com a batedeira ou mesmo com a vara de arames. Colocar nas formas e levar ao forno por cerca de 20 minutos a 160ºC. Retirar do forno e deixar arrefecer por completo.

Ganache Multifunções 
Ingredientes:
  • 400g de chocolate (usei 54% Callebaut, mas podem usar qualquer um);
  • 200g de natas (min. 30% matéria gorda);
  • 100g de manteiga.
(As quantidades são sempre 1 quantidade de chocolate, metade dessa quantidade de natas e metade da quantidade de natas de manteiga)

Preparação:
Derreter o chocolate em banho-maria e aquecer as natas ligeiramente, num tacho pequeno sem deixar ferver. (se quiserem dar um sabor extra, podem adicionar especiarias, raspas ou folhas de chá etc às natas) Adicionar as natas ao chocolate derretido em 3 ou 4 adições mexendo bem começando no centro, no início irá parecer que talhou mas é só para assustar ;)
Quando as natas estiverem bem incorporadas, adiciona-se a manteiga amolecida. Deixa-se arrefecer à temperatura ambiente, mexendo de vez em quando até que fique com uma textura cremosa. Os cupcakes podem agora ser decorados a gosto, usei manga de pasteleiro mas uma colher, espátula ou garfo também dão.






 XoXo ^_^ 

My favourite chocolate cupcake recipe, adapted from Jemma Cupcake's book and my variation on a classical and multipurpose chocolate ganache, hope you like it.

Chocolate Cupcakes
  • 175g plain flour;
  • 30g cocoa powder;
  • 185g light brown sugar;
  • 1/2 tsp baking soda;
  • 2 medium eggs (<=50g);
  • 120ml coffee or  warm water;
  • 120ml buttermilk;
  • 110ml vegetable oil;
  • 1 pinch salt;
  • 1 tsp vanilla Extract.
Method:
Add all the dry ingredients to a bowl and mix them slightly using a whisk.
Add all the wet ingredients to a jug and mix.
Mix the went in to the dry ingredients until you get a nice even batter.
Fill the cupcake cases and bake at 160ºC for about 20 minutes.

Chocolate Ganache

  • 400g good quality chocolate;
  • 200g double cream;
  • 100g unsalted butter.

Method:

Melt the chocolate over a water bath.
Place the cream in small sauce pan and bring it to a gentle simmer. 
Add the cream to the melted chocolate in 3 or 4 addictions. 
Finally add the softened butte.
Spread the ganache over a metal tray and let it cool to room temperature or until it reaches a spreadable texture. 

quinta-feira, 3 de março de 2016

Pastel de Tres Leches de Coco




Olá,
Este bolo é o segundo tributo que faço, à maravilhosa comida mexicana, aqui no blog. Pois já tinha publicado anteriormente uma receita de chocoflan.
A comida mexicana é maravilhosa, o problema é que, até há bem pouco tempo eu achava, que toda ela era muito picante e limitava-me sempre a comer a sobremesa, as fajitas ou os cocktails. Mas estava enganada.

Há uns meses fui com uns colegas comer a um restaurante mexicano em Convent Garden e perguntei quais eram os pratos não picantes, aconselharam-me a chimichanga e escusado será dizer que adorei. É uma das melhores coisas que comi desde que me mudei para Londres. Mas se pensar bem, eu estive duas vezes no México, quando era pequena e lembro-me de adorar a comida, lembro-me que havia sempre carne grelhada, de boa qualidade, sem temperos de maior e uma arroz que, se fechar os olhos ainda consigo lembrar-me do sabor desse arroz, que não era picante.

A primeira vez que vi este bolo, simples e sem coco, fez-me lembrar o Bolo de Coco da Conceição, ou seja, o bolo de coco cuja receita foi a Conceição que nos deu, é um bolo simples tipo pão de ló que é regado com uma calda de leite e no final polvilhado com coco ralado. É uma delícia.

Assim, lembrei-me de juntar as das receitas e fazer uma versão do tres leches com coco e polvilhei com canela para recriar os sabores de um dos melhores cocktails que alguma vez bebi, o cocoloco que no final leva uma pitada de canela.


Para o bolo:
  • 125ml de leite de coco (agitar a lata para que fique homogéneo);
  • 5 ovos grandes (>50g);
  • 180g de farinha;
  • 150g de açúcar;
  • 20g de coco ralado;
  • 1 colher de chá de fermento em pó;
  • 1 colher de café de extracto de coco;
  • 250ml de leite de coco;
  • 250ml de leite condensado;
  • 250ml de leite evaporado.
Para o creme:
  • 1 lata de leite de coco (usar apenas a parte sólida, o resto podemos usar para batidos ou assim);
  • 50g de açúcar em pó;
  • 1 colher de café de extracto de coco;
  • canela em pó para polvilhar.
Preparação:
Peneirar a farinha e o fermento para uma taça, adicionar o coco ralado e reservar.
Separar as gemas das claras e levantar as mesmas em castelo.
Bater as gemas com o açúcar até que fiquem cremosas e esbranquiçadas.
Adicionar o leite de coco e o extracto. Adicionar a farinha em duas ou três adições. Finalmente envolver as claras com cuidado. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC e cozer por cerca de 45 minutos numa forma de aro amovível.
Fazer uma calda misturando os 3 leites numa taça.
Retirar o bolo do forno e fazer furos com um palito. Regar o bolo com a calda quando ele ainda estiver morno e guardar no frigorifico por pelo menos 12 horas.
Para o creme, colocar  a parte sólida da lata de leite de coco numa taça juntamente com o açúcar e o extracto. Bater com a batedeira até que fique com a consistência de chantily.
Qaando o bolo estiver bem geladinho, rega-se com mais calda, se não tiverem usado toda. e Espalha-se o creme sobre o bolo finalizando com canela em pó.

Hi, 
this is the second tribute I pay to mexican dessert here on my blog, as I posted a recipe for chocoflan a while back. Mexican food is great but to be honest, for  a long time I thought it was all about hot chili and fiery peppers but I have to admit that I was wrong. I knew they have great dessert and cocktails but now I know that they have the best food too.

A few month ago I went to a mexican restaurant in Convent Garden with some friends and when I asked for the non spicy dishes they told me about chimichanga and just the name made me smile. It is to die for and now I know that there is much more to love about mexican food than I could imagine. 

This cake is my adaptation of 2 cakes, a cake that a friend was used to make and the tres leches. I love coconut and this is a coconut joy on itself. 

For the cake:
  • 125ml coconut milk;
  • 5 large eggs (>50g);
  • 180g plain flour;
  • 150g sugar;
  • 20g de shredded coconut;
  • 1 tsp baking powder;
  • 1/2 tsp coconut extract;
  • 250ml coconut milk;
  • 250ml condensed milk;
  • 250ml evaporated milk.
For the cream:
  • 1 can coconut milk (use only the solids);
  • 50g icing sugar;
  • 1/2 tsp coconut extract;
  • cinnamon for dusting.
Method:
Sieve the flour and baking soda on to a bowl, add the coconut and save to use later.
Separate the whites from the yolks.
Make a stiff peak meringue with the whites.
Cream the yolks with the sugar and once they are creamy and pale add the coconut milk and extract. 
Add the flour in 2 or 3 addictions.
Finally add the whites very gently. 
Bake at 180ºC for about 45min. Once out of the oven poke it using a toothpick.
Make the milky glaze by mixing the 3 types of milk in a small jug and poor it over the slightly warm cake. Save the cake in the fridge over nigh. 
Make the cream just by mixing the coconut milk, icing sugar and extract in a  bowl, beat well using a hand held mixer to stiff peaks. Spread the cream over the cool cake and sprinkle with cinnamon.